Silvio Ponciano

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Para confessar-se bem

A maioria dos cristãos, ao confessar-se esquecem de confessar muitos pecados, tornando sua confissão sem frutos.
Acostume-se preparar em casa e anotar os pecados cometidos, para que no dia da confissão, possa confessá-los todos.
Antes de confessar você deve ter perdoado de coração a todos os que te ofenderam.

EXAME DE CONSCIÊNCIA
  • Deixei de confessar pecados graves nas confissões anteriores?
  • Comunguei com pecados graves?
1- 1º e 3º mandamentos da lei de Deus: "Amar a Deus sobre todas as coisas"; "Guardar o domingo e dias santos de preceito". Falei que todas as religiões são boas? Rezei todos os dias? Revoltei-me e queixei-me de Deus nas dificuldades? Frequentei reuniões, cultos, trabalhos, organizações contrárias à minha fé (Espiritismo, macumba, saravá, maçonaria, curandeirismo, seicho-no-yê, cartomantes, adivinhos)? Acreditei em horóscopos? Tive ídolos, colocando riquezas, prazer, poder, fama, etc., acima de Deus? Evoquei espíritos dos mortos? Tenho trabalhado aos domingos e dias santos? Obriguei empregados a trabalharem nos domingos ou dias santos?
2- 2º e 8º mandamentos: "Não pronunciarás o nome de te Deus em vão"; "Não levantarás falso testemunho". Ofendi a Deus e aos santos com palavras: Jurei falso ou sem necessidade? Menti? tenho deixado de cumprir as promessas que fiz? Caluniei? Fiz juizos falsos e temerários? Não reparei o mal que eu fiz com calúnias e mentiras? A reparação do mal faz parte do perdão.
3- 4º Mandamento: "Honrarás pai e mãe". Entristeci gravemente meus pais ou superiores? Tive vergonha de meus pais? Neguei-lhes minha ajuda e assistência, sobretudo se velhos e doentes? Cumpri minha missão de pai e mãe na educação dos filhos? Dei mau exemplo ou escandalizei meus familiares pelo mau exemplo?
4- 5º Mandamento: "Não matarás". Tentei suicídio? Usei tóxicos? Briguei? Tive raiva, ódio ou sentimento de vingança? Desejei algum mal ao próximo? Pus em perigo a vida dos outros?
5- 6º e 9º mandamentos: "Não pecarás contra a castidade"; "Não cobiçarás a mulher do próximo". Cometi pecados impuros comigo mesmo (masturbação) ou com outros? Com animais? Provoquei tentações e desejos impuros em mim ou nos outros pelo modo de trajar? Por leituras, toques, piadas imorais? Convidei alguém para o pecado? Escandalizei alguém com palavras, atitudes? Tive namoro escandaloso? Relações antes ou fora do matrimônio? Desejei fazer esses pecados principalmente o adultério? Tive maus pensamentos?
6- 7º e 10º mandamentos: "Não furtarás"; "Não cobiçarás as coisas alheias". Furtei e ainda não restitui? Cobicei as coisas alheias? Aceitei ou comprei coisas sabendo que eram furtadas? Desejei furtar? Causei prejuízo de propósito? Paguei minhas dívidas? Enganei o próximo nas compras e vendas? Tive lucros ilícitos? Aproveitei-me do próximo? Roubei da administração pública? Procurei reparar os danos causados? Abusei da alta dos preços?
7- Mandamentos da igreja: Deixei de passar um ano sem me confessar? Confessei-me sem arrrependimentos e propósito de corrigir-me? Não cumpri a penitência da última confissão? Não fiz minha comunhão dentro do tempo pascal (Vai do domingo da ressurreição até pentecostes). Quantos domingos ou dias santos faltei à missa? Faltei à missa ou estava em pecado grave e fui comungar? Não devolvi o dízimo todo o mês?
8- Pecados capitais: Fui orgulhoso, soberbo, vaidoso? Vivo num espírito de pobreza? Fui invejoso? Ciumento: Fui ganancioso? Materialista? Tenho me esforçado em progredir na minha vida espiritual? Fui impaciente, guloso, só penso no prazer? Fui preguiçoso? Fui fingido?
9- Arrependa-se dos seus pecados.

ATO DE CONTRIÇÃO

Meu Jesus crucificado, por minha culpa, estou muito arrependido de ter pecado, pois ofendi a vós que sois tão bom, e mereci ser castigado nete mundo e no outro. Mas perdoai-me, Senhor, não quero mais pecar. Amém.

10- Na confissão:
  • falar quanto tempo não se confessa;
  • não diga os pecados dos outros;
  • não diga o que você não fez;
  • conte todos os pecados graves;
  • se você escreveu os pecados, leia-os diante do sacerdote, depois destrua o papel;
  • arrependa-se dos seus pecados, dizendo o Ato de contrição;
  • no final faça o sinal-da-cruz juntamente com o sacerdote.

Origem: folheto da Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá.

Marcadores: , ,

1 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<< Início